Em meio a tantas notícias com relação aos Implantes Hormonais, devemos sempre buscar por fontes confiáveis de informação.

Recentemente houveram notas contra o uso da Gestrinona e os Implantes Hormonais, novamente notícias sem embasamento científico e repletas de desinformação.

A Gestrinona é o hormônio que muitos chamam de “Chip da Beleza”, porém é importante ressaltar que este termo é inapropriado. A Gestrinona melhora a vida de mulheres que sofrem com a endometriose, miomas, TPM severa, cólicas menstruais e sintomas da menopausa.

 

O que os especialistas dizem a respeito?

A Gestrinona e os Implantes hormonais são indicados apenas para fins terapêticos, e não faltam estudos sobre este ativo.

Qual a função dos Implantes Hormonais?

Eles são opções de tratamento ginecológico para endometriose, adenomiose, miomas, TPM, menopausa, ou como método contraceptivo.

Há 5 tipos de hormônios no formato de implante: Gestrinona, Testosterona, Estradiol, Nestorone e Acetato de Nomegestrol.

Quando não é indicado? E por quê?

Os Implantes Hormonais provocam como efeitos secundários: diminuição da gordura corporal, aumento da massa magra e a melhora da flacidez.

Porém, é importante ressaltar que esses benefícios não são indicações para o uso dos implantes. Sua indicação deve ser 100% terapêutica.

 

É necessário prezar pelo uso dos implantes de maneira consciente e ética com as mulheres, e não com finalidades estéticas.

Consulte sempre seu ginecologista de confiança.

Leave a Reply